Porque sabes que eu estou aqui. Porque eu sei que me sabes ler no silêncio.
Domingo, 13 de Junho de 2004
...
Por trás dessa porta está a minha dor, se a abrir sei que o meu coração vai padecer em lenta agonia. Mas sei que a devo abrir e enfrentar a angustia da tua ausência, o abandono e o silencio, devo ser forte e se preciso for morrer para que me faça sentir. Para que serve a vida se não arriscamos por aquelas coisas que sentimos? Se me encolho quando te recordo é porque a minha pele está marcada para sempre com o teu fogo. Saudades dos nossos corpos em brasa a queimar de desejo. Da-me de novo aqueles orgasmos. Não quero despertar. Não quero voltar abrir os olhos. Quero ficar aqui onde gira a minha cabeça, onde te encontro o meu lado, onde o teu calor me habita e os teus braços me são familiares.Não quero viver a dor, quero dormir o prazer. Quero dormir, quero dormir, dormir, dormir, morrer. Abro a porta e morro com um sorriso nos lábios, venci o frio e morri ao escutar o meu coração.


publicado por SigurHead às 04:29
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Junho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Apenas quando o mundo nos...

Anoitece devagar

Mas comigo era diferente....

Tanto para te dizer

...

Não digas a ninguém

Dei-me sempre mais do que...

Luminoso afogado

Roída a dor muda

Antídoto

arquivos

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

links

Free Website Counter
Indicador de Status