Porque sabes que eu estou aqui. Porque eu sei que me sabes ler no silêncio.
Sábado, 8 de Maio de 2004
...
Antes escorrias palavras num papel que não era o teu, que esbarrava contigo e não te deixava seres tu. Apercebi-me disso quando falámos, quando deixou de ser só eu e tu a desenharmo-nos um ao outro à noite. Presentemente não sei... talvez estejas num mundo que não o meu, não sei... cá de onde te escrevo não te sinto há muito, isso eu sei! Sorrio na memória de conversas que traçámos em uma cidade que não esta. Como eu gostava daquelas noites em que apalavrávamos sentimentos, em que me ocupavas o vazio numa abundância de carinho que julgava não merecer. Agora tudo é diferente reencontro-me contigo num sorriso que permanece no meu rosto sempre que te tenho na memória.


publicado por SigurHead às 22:21
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar
 
Junho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Apenas quando o mundo nos...

Anoitece devagar

Mas comigo era diferente....

Tanto para te dizer

...

Não digas a ninguém

Dei-me sempre mais do que...

Luminoso afogado

Roída a dor muda

Antídoto

arquivos

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

links

Free Website Counter
Indicador de Status