Porque sabes que eu estou aqui. Porque eu sei que me sabes ler no silêncio.
Domingo, 4 de Abril de 2004
Mão

Amantes, para sobreviver ao frío do Inverno e para que quando cerres os olhos te contem historias, ainda que sejam mentira.

 
Porque o coração se cerra como um punho quando te espero e não chegas. Se reparasses um pouco mais em mim ias dar conta que o meu lábio inferior está a sangrar de tanto mordê-lo por não te dizer que estás a arranhar o meu interior com coisas que tu por muito que digas que sim não as sentes e acabam por te afectar em excesso. O meu excesso és tu por isso mordo-me mais forte para evitar atirar tudo contra a parede e ver estalar em mil pedaços. Tudo porque já não sei onde está a razão.
 


publicado por SigurHead às 01:38
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Anónimo a 4 de Abril de 2004 às 02:39
Por vezes encontramos um falso conforto apesar de ser real a necessidade ... beijos ***Lótus
(http://lotus1.blogs.sapo.pt)
(mailto:lotus__@msn.com)


Comentar post

pesquisar
 
Junho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Apenas quando o mundo nos...

Anoitece devagar

Mas comigo era diferente....

Tanto para te dizer

...

Não digas a ninguém

Dei-me sempre mais do que...

Luminoso afogado

Roída a dor muda

Antídoto

arquivos

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

links

Free Website Counter
Indicador de Status