Porque sabes que eu estou aqui. Porque eu sei que me sabes ler no silêncio.
Quarta-feira, 8 de Março de 2006
Eternamente...
Eternamente...
O que significa?
Sabes dizer-me o que é eterno?...
Será eterno o nascer do sol e o seu repousar?
Será eterno a sequência dos anos que vão passando?
Será eterno o vento?
Será eterno o mar?
Já sabemos que as estrelas e o seu brilho não o são...
Mas e o céu onde elas moram... é eterno?
Que mais posso eu chamar de eterno?
Os meus poemas?
Os meus pensamentos?
As minhas perguntas?
Os meus sentimentos?
Para mim... olhar para os teus olhos é eterno.
Amar o teu sorriso é eterno.
Pensar em ti é eterno!
Como posso eu não te amar eternamente?
Como posso eu eternamente duvidar?
Eternidade... o que é?
Cada minuto que passo longe de ti...
Cada batida do meu coração que tu não sentes no teu peito.
Cada sorriso que dás que não é para mim...
Assim sendo, eu não quero que a minha vida seja eterna.
Porque eterno é tudo o que não muda,
Tudo o que se conforma em ser como é...
Toda a gente sabe o que é eterno...
Toda a gente sente a sua eternidade.
Não posso esperar pelos segundos em que te poderei tocar,
Os segundos apenas em que serás meu...
A minha vida não passará de segundos... que serão eternos.
Os segundos que demorarão a chamar pelo teu nome...


publicado por SigurHead às 22:51
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De http://alexiaa.blogs.sapo.pt/ a 9 de Março de 2006 às 16:09
Eterno é o cheiro, o eco de algumas palavras, a visão de algumas imagens,o sabor de beijos inebriantes, o sentir na pele de toques desaparecidos...É realmente aquilo que contrariamente ao nosso desejo não muda! Eterno é a sensação que não se aguenta esperar mais um segundo que seja para voltar a ter...


De Cris a 11 de Março de 2006 às 04:20
É eterno, sim, como dizia o Poeta, enquanto dura:
"
[...]
E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte
A angústia de quem vive
Quem sabe a solidão
O fim de quem ama,
Eu possa me dizer do amor que tive
Que não seja imortal
Posto que é chama
Mas que seja infinito
Enquanto dure!
"
Que bom que é ler[-te]!



De Cris a 11 de Março de 2006 às 04:20
É eterno, sim, como dizia o Poeta, enquanto dura:
"
[...]
E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte
A angústia de quem vive
Quem sabe a solidão
O fim de quem ama,
Eu possa me dizer do amor que tive
Que não seja imortal
Posto que é chama
Mas que seja infinito
Enquanto dure!
"
Que bom que é ler[-te]!



Comentar post

pesquisar
 
Junho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Apenas quando o mundo nos...

Anoitece devagar

Mas comigo era diferente....

Tanto para te dizer

...

Não digas a ninguém

Dei-me sempre mais do que...

Luminoso afogado

Roída a dor muda

Antídoto

arquivos

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

links

Free Website Counter
Indicador de Status