Porque sabes que eu estou aqui. Porque eu sei que me sabes ler no silêncio.
Quarta-feira, 12 de Abril de 2006
Acreditar de vez enquando
Vi-me tantas vezes na doçura dos teus olhos e hoje parece mentira não poder rever a minha imagem desenhada uma vez mais na íris dos teus olhos. O teu olhar que muito falava e outro tanto escondia.
Cerro os olhos e ao respirar profundamente chega-me o teu aroma num sopro que me desperta. O teu sopro. Invade-me uma profunda tristeza uma saudade ao ter a certeza que não estás mais aqui.
Olho-me no espelho para ver se por casualidade os teus olhos não ficaram nos meus. Triste realidade só encontro os meus olhos. Quem quero enganar? Se não tenho o teu sorriso para que tentar ser feliz?
Eu era a parte que escolheras para estar para sempre contigo e onde timidamente existia ignorando outros acontecimentos que eu sempre entendi como superiores.
- Eu?
E tu convicto no que afirmavas, perguntavas
– Ouviste? Só precisas de fazer a tua parte.
Sim, ouvira e digeria a informação que o meu cérebro se esforçava por processar como verdadeira. Lembro-me de em seguida teres-te soltado num pranto que abracei.
– Vai ficar tudo bem.
O que mesmo era saber e dizer que a tua vida ia continuar, a minha também: caminhos que não se cruzariam – nunca mais. Mas eu nunca iria querer esquecer-te.
Preciso de acreditar em algo de vez enquando. Sempre me atraíram os impossíveis.

Ive Mendes - Castiçais mp3


publicado por SigurHead às 22:44
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De miosotis a 13 de Abril de 2006 às 00:51
E eu querido Sigur preciso de acreditar sempre...

Deixo-te um bj de afectos


De ruca a 14 de Abril de 2006 às 01:14
É-me sempre muito doloroso passar por aqui... rever semelhanças muito além das palavras... reconhecer uma dor, dor mais verdadeira do que a que deveria ser possível existir... reconhecer a impotencia de qualquer coisa...
Por isso passo sempre por aqui em silêncio, porque é em silêncio que te deixo sempre um abraço.
beijo.


Comentar post

pesquisar
 
Junho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Apenas quando o mundo nos...

Anoitece devagar

Mas comigo era diferente....

Tanto para te dizer

...

Não digas a ninguém

Dei-me sempre mais do que...

Luminoso afogado

Roída a dor muda

Antídoto

arquivos

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

links

Free Website Counter
Indicador de Status