Porque sabes que eu estou aqui. Porque eu sei que me sabes ler no silêncio.
Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2006
Um Novo SigurHead

Cansei. Estou cansado, estou exausto. Não vou dar nem mais um passo. Já gastei todas as forças. Desisto. As palavras estão gastas. Vou pousar a caneta sobre as folhas de papel e um silêncio imenso seguir-se-á. Já não sou eu o tipo que um dia te falou ao ouvido e quis fazer dos teus dias os seus. Tão pouco vou querer saber de noites em branco, esperando uma mensagem tua ou de noites em que simplesmente decidiste não aparecer. É a despedida sincera à minha sensibilidade por ti. Aqui, nestas páginas, repousarão as minhas memórias de ti, como flores que lavraste em meu peito. Vou calafetar o meu coração para que a tua presença não me invada esta noite, como todas as horas a haver deste momento adiante. E assim poderei adormecer descansado, sorrindo sempre antes de dormir. Enternecido com a existência que me deste. Adeus.

 



publicado por SigurHead às 23:33
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Junho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Apenas quando o mundo nos...

Anoitece devagar

Mas comigo era diferente....

Tanto para te dizer

...

Não digas a ninguém

Dei-me sempre mais do que...

Luminoso afogado

Roída a dor muda

Antídoto

arquivos

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

links
blogs SAPO
subscrever feeds